Xplora

Contexto, dicas, itinerário – Bulgária

Nunca imaginei viajar para a Bulgária. Mas, estudando nos Estados Unidos, tive a felicidade de ter uma grande amiga búlgara que casou recentemente em Sófia. Assim, tive uma boa razão para visitar essa terrinha especial! O casamento tinha tantas tradições que resolvi fazer um post exclusivo para ele!

Chegamos na Bulgária na terça-feira e ficamos até domingo, então, felizmente, conseguimos passear bastante e conhecer alguns dos principais pontos turísticos: Monastério Rila, Sófia e Plovdiv. Ficou faltando a região das montanhas e o litoral.

A Bulgária é um país relativamente grande e tem uma população de mais de 7 milhões de pessoas. As duas principais cidades são Sófia (capital) e Plovdiv (antiga capital).

Plovdiv, Sofia, Bulgaria, Europa, MOnasterio Rila, Itinerario, roteiro, travel, viagem

O país tem uma história muito interessante porque suas cidades são muito antigas, existem desde antes da civilização grega e romana. Além disso, o país faz fronteira com a Grécia e a Turquia, países que eram sede dos grandes Impérios Grego e Otomano, portanto, a Bulgária foi invadida muitas vezes, por povos muitos distintos e, por isso, tem ruínas e vestígios de todos esses povos (segundo meu namorado, a Bulgária é tipo o Paraguai, não ganha nem no par ou ímpar, rs).

No século XX, A Bulgária ficou sob influência da União Soviética e se tornou socialista. Muitas das suas construções, economia e situação social atual vem da influência desse período. Durante a segunda guerra mundial, a Bulgária apoiou os alemães e, quando o Hitler estava solicitando que os judeus fossem enviados aos campos de concentração, a Bulgária se fez de desentendida e enrolou os alemães para não enviar sua população de 60 mil judeus. A cada mês eles inventavam uma nova desculpa e diziam que enviariam no mês seguinte. Por fim, acabou a guerra e eles nunca mandaram. Agora, a Bulgária está sendo reconhecida por salvar 60 mil pessoas da morte e está concorrendo ao prêmio nobel da paz.

A maioria da população é ortodoxa e existem inúmeras igrejas grandes e bonitas espalhadas pelo país. Aproximadamente 12% da população é muçulmana, então, também existem algumas lindas mesquitas que podem ser visitadas.

Transporte na Bulgária

Na Bulgária tudo é muito barato: alugar carro, taxi, hospedagem, restaurantes, etc. Então, é ótimo porque pudemos aproveitar bastante, sem gastar muito.

Apesar de os búlgaros falarem que é um país muito complicado para dirigir e não recomendarem alugar carro, nós decidimos alugar e foi ótimo. Alguns dos principais pontos turísticos como o Monastério Rila e Plovdiv estão há mais de 1 hora de distância de Sófia, então, valeu muito a pena alugar um carro. Eu acho que quando você viaja de carro, acaba prestando mais atenção na paisagem, nas pessoas, nas cidades, e aproveita mais a visita.

Não conseguimos reservar o carro pela internet, então, acabamos fechando direto no aeroporto de Sófia. Alugamos o carro por 5 dias e saiu por volta de 200 dólares (todos os dias!).

Para quem não quer alugar carro, existem algumas empresas que fazem tours diários para os locais mais turísticos. E nas cidades, pode andar de taxi ou metrô também.

Itinerário da viagem

Dia 1 – Visitar o Monastério Rila e a Igreja Boyana

Dia 2 – Visitar Plovdiv

Dia 3 – Visitar Sófia

Dia 4 – Sófia + Casamento

Dia 5 – Pegar o avião de volta

Para fazer esse roteiro, é melhor ficar hospedado em Sófia e fazer viagens diárias para os outros lugares. Se tivesse mais alguns dias (ou não tivesse o casamento), eu teria ido fazer hiking e visitar o Parque Nacional Pirin. Me falaram que Musala é um lugar legal por ali. Ou iria também ao litoral, nas cidades de Varna ou Nassebar.

Se for para o litoral, já não vale a pena ficar hospedado em Sófia. As praias legais ficam há quase 5 horas de distância. Então, vale a pena pegar um hotel por lá mesmo.

A viagem para a Bulgária me surpreendeu positivamente. Achei o país muito interessante e os pontos turísticos muito legais!

Logo vou fazer mais posts contando os detalhes dos lugares que visitei!

Espero que gostem!

Fica a dica!

Tem mais dicas da Bulgária? Adicione nos comentários abaixo!

Sobre o autor Ver todos os posts

Dri Lima

Dri Lima

Adriana deixou o mundo corporativo para trabalhar com suas paixões: viagem, cultura, gastronomia. Já visitou mais de 40 países e ama descobrir lugares e pessoas especiais na sua cidade (São Paulo) ou nos lugares em que visita. É fundadora do Sabiar (www.sabiar.com), uma empresa de lazer criativo que descobre e cria experiências incríveis no Brasil e no mundo.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *