Xplora

CategoriaSao Luis

O que fazer em 1 dia em São Luis do Maranhão

Fiz uma viagem incrível de São Luis do Maranhão à Fortaleza de carro. Passamos por Lençois Maranhenses, Delta do Parnaíba e Jericoacoara. Para acompanhar todos os posts dessa viagem, é só clicar aqui. Para saber como planejar a viagem completa pela Rota das Emoções, veja o post roteiro aqui.

O que fazer em 1 dia em São Luis do Maranhão

São Luis é uma cidade com potencial para ser charmosa, mas a conservação da cidade deixa a desejar.

Ela é cheia de história porque era habitada por indígenas, depois foi colonizada por franceses e portugueses, e fica na região Nordeste, portanto, seus costumes são uma mistura da cultura típica nordestina com a indígena e a européia. Ouvimos falar do bumba meu boi, comemos moquecas de camarão e vimos azulejos portugueses por todos os lados. É realmente fácil perceber as influências da cultura da cidade.

sao-luis-maranhao

Os azulejos portugueses pelas pequenas ruas do centro histórico são super charmosos e coloridos. O centro histórico é interessante e vale a pena ser visitado, mas poderia ser muito mais atrativo se tivesse restaurantes e bares conservados e se as fachadas fossem todas restauradas. Com certeza seria um lugar turístico melhor do que é hoje.

sao-luis-maranhao

Nós passamos só um dia na cidade, por isso, preferimos ficar hospedados no próprio centro histórico para otimizar o tempo. Mas, conseguimos jantar na parte mais moderna da cidade, onde estão diversos hotéis e restaurantes.

O que fazer no centro histórico de São Luis

1. Visitar a Catedral da Sé: quando chegamos na porta da Catedral, fomos abordados pelo Reinaldo, que nos engajou no papo e acabou fazendo um mini tour lá dentro. Foi bem interessante. A catedral era uma antiga igreja jesuíta, que foi construída pelos índios e inaugurada no ano de 1699. Depois da expulsão dos jesuítas ela passou a ser a catedral da cidade.

sao-luis-maranhao

2. Palácio dos Leões: é o edifício sede do Governo no Maranhão. Nós não entramos, só vimos por fora, mas ele fica no alto e tem uma vista bonita do mar, principalmente no fim da tarde.

sao-luis-maranhao

3. Caminhar pela Rua Portugal: cheia de lojinhas de artesanato. Passamos pela Casa das Tulhas, um espaço que parece um mercadão central, com botecos e lojinhas que vendem cachaça tiquirá (uma cachaça local roxa, feita de mandioca), farinha, guaraná jesus, entre outras coisas. É bem sujo e meio escuro, mas interessante de ver.

sao-luis-maranhao

4. Casa de Nhozinho – museu muito legal que conta sobre as diversas culturas que influenciam o artesanato e folclore local. Tem bonecos, roupas, objetos indígenas, diversas miniaturas de embarcações típicas da região, e muito mais. São 3 andares de uma casa e há um guia para acompanhar a visita. Eles contam também sobre os artistas e a arte maranhense. O nome do museu é em homenagem ao Nhozinho, que foi um artista renomado no Maranhão. A entrada é grátis.

sao-luis-maranhao

5. Andar pelas ruazinhas e becos do centro histórico para ver os azulejos portugueses. A parte que eu achei mais legal: quando sai do Palácio dos Leões, entra na rua ao lado do Banco do Brasil e desce em direção à Rua Portugal.

sao-luis-maranhao

sao-luis-maranhao

Onde comer em São Luis:

Como nós ficamos apenas 1 dia na cidade, nós almoçamos no centro histórico e jantamos na “cidade moderna”.

No centro não encontramos muitas opções de lugar para comer, então almoçamos no Grand São Luis Hotel. A comida estava ótima. Pedimos um peixe ao molho de camarão e uma Caldeirada maranhense (de camarão). O pirão e peixe estavam excelentes. O serviço é meio devagar.

Para jantar fomos no restaurante Chapéu de Palha, fora do centro histórico. Tem mais de um, mas o que fomos é o da Avenida Litorânea. O restaurante é bem legal, grande, e a comida é muito boa. Pedimos carne seca de picanha com vários acompanhamentos. Comemos o arroz típico da região, pastel com geleia de pimenta e sobremesa: pavê de bem casado.

Onde se hospedar em São Luis:

Ficamos hospedados no Grand São Luís Hotel, muito bem localizado no centro histórico. Ele fica ao lado da Catedral da Sé e de lá dá para ir a pé a todos os outros pontos do bairro.

O hotel não tem nada de especial, mas é bom. O quarto é grande e confortável, os banheiros são limpos, com água quente e a comida do restaurante é muito boa.

Para ver outros hotéis em São Luis do Maranhão, clique aqui.

Fica a dica!

Gostou do post?
Acompanhe o Dica da Dri no facebook
Siga o Dica da Dri no twitter
Veja as fotos do Dica da Dri no instagram