Xplora

Tag - emilia-romagna

Onde se hospedar em Rimini, na Italia

onde-hospedar-rimini

Quando fiz a incrível viagem pela Emilia-Romagna, eu passei um dia em Rimini, cidade de praia, na Costa Leste da Italia.

São 15km de costa, no Mar Adriático e ponto turístico badalado dos italianos (não tem muitos turistas internacionais)! Fica super cheio na alta temporada. Eu, infelizmente, acabei conhecendo pouco da cidade… dei só uma volta pelo calçadão. Mas, essa é a proposta de Rimini mesmo: caminhar na praia e comer nos restaurantes à beira-mar.

onde-hospedar-rimini

A praia não tem areia fofa e o mar é gelado, mas vale a visita para tomar sol, passear pelas lojinhas e restaurantes e desligar um pouco da correria de visitar todas as cidadezinhas, museus e igrejas da Toscana e da Emilia-Romagna.

Muita gente que vai para Rimini, aproveita e vai também a San Marino. São duas localizações muito próximas e que você chega facilmente de trem. Eu acho, na verdade, bem corrido fazer os dois em um dia só. Minha sugestão seria ficar um dia inteiro passeando por San Marino e no fim da tarde ir para Rimini, dormir por lá, e no dia seguinte aproveitar a praia de manhã.

Apesar de não ter conseguido conhecer muita coisa em Rimini, queria recomendar o hotel que eu me hospedei: Hotel Savoia.

É um hotel de frente para a praia e com pessoas muito atenciosas. O quarto é grande, confortável e tem uma varanda de frente para o mar.

onde-hospedar-rimini

onde-hospedar-rimini

Acabei conhecendo o dono do hotel, Piero, e ele me mostrou todas as instalações. Na verdade, a filha dele, Sophie, que fez questão de me levar para cima e para baixo para conhecer tudo do hotel. Muito fofa!

onde-hospedar-rimini

onde-hospedar-rimini

O hotel tem um spa, com piscina interna aquecida e salas de massagem.

onde-hospedar-rimini

O Piero sabia que eu estava sozinha na cidade e me levou jantar com a sua família na casa de uns amigos. Foi muito divertido ter uma verdadeira experiência italiana. Todos falavam alto, ao mesmo tempo, riam muito e queriam saber tudo da minha vida e dos meus projetos.

A comida, impecável! E não podia ser mais típica da região: piadinas com presunto di parma, queijo parmesão, rúcula e tomate para cada um montar a sua.

Foi um dia tranquilo e divertido, no meio da semana super corrida passeando pela Emilia-Romagna.

*a minha hospedagem no Hotel Savoia foi uma cortesia do Blogville, projeto patrocinado pelo Turismo da Emilia-Romagna e seus parceiros.

15 motivos para visitar a Emilia-Romagna, região italiana cheia de cultura e gastronomia

emilia-romagna-italia

A Emilia-Romagna, região no centro-norte da Italia, é uma ótima opção para quem gosta de cultura e gastronomia. São tantas razões para ir para lá que fica difícil listar só algumas!

Passei uma semana incrível viajando pela região e aprendendo muita coisa interessante sobre a gastronomia e cultura local. Fui para lugares históricos, comi bastante e conheci muita gente interessante! Em tão pouco tempo, consegui também formar uma opinião sobre essa região tão especial da Itália.

Por isso, fiz uma lista com muitos motivos para convencer vocês a visitar a Emilia-Romagna. Se vocês estiverem planejando uma viagem para Italia, principalmente se estiverem na Toscana que é tão pertinho, recomendo muito incluir alguns desses lugares no caminho!

15 motivos para visitar a Emilia-Romagna

1- O famoso Queijo Parmigiano (parmesão) é original dessa região. A produção do original Parmigiano-Reggiano é das cidades de Parma e Reggio Emilia. Visitamos a produção do queijo e, óbvio, comemos vários durante a semana. Ele é realmente muito bom!

emilia-romagna-italia-parmesao

2- Os trens são muito baratos. Por menos de 10 euros você vai de um lugar para o outro e conhece toda a região: Bolonha, Modena, Parma, Ferrara, Rimini, Ravenna e muito mais! É também perto e fácil de ir para Milão, Firenze e o resto da Toscana.

3- O famoso molho a bolonhesa é original de lá também. A cidade de Bolonha faz parte da Emilia-Romagna e é o ponto de referência para ir de um lugar ao outro. Em toda a área ao redor da cidade se come muita pasta com molho bolonhesa! Até fiz uma aula de massas em Bolonha. Imperdível!

emilia-romagna-italia

4- Em Ravenna, tem alguns dos mosaicos mais antigos do mundo. Muito lindo!

emilia-romagna-italia

5- Tem muitos, mas muitos mesmo, gelatos na cidade. Comi um por dia e achei um melhor que o outro. E aprendi que gelato não pode ser traduzido por sorvete, porque não é a mesma coisa! O gelato é artesanal e o sorvete é industrializado! E o sorbet é o gelato ou o sorvete, mas feito sem leite, apenas com água.

emilia-romagna-italia

6- A região da Emilia-Romagna é menos turística que os famosos lugares da Italia: Roma, Milão, Firenze, etc. Então não é tão lotado e é mais fácil de você conhecer a cultura local.

7- Eu amo piadina, um tipo de pão, parecido com o pão sírio, e que pode ser recheado de várias coisas como nutella, presunto de parma, tomate, queijo etc. E lá, se come piadina todo dia, toda hora.

piadina-emilia-romagna-italia

8- Foi por aqui também que o exército brasileiro participou da Segunda Guerra Mundial. Na região dos Montes Apeninos tem algumas cidades com muita história sobre a guerra e sobre a participação do Brasil. Para quem se interessa pelo assunto, vale a visita.

emilia-romagna-italia

9- O balsâmico original é produzido por aqui. Ele fica de 12 a 36 meses em repouso. Visitamos um lugar perto de Modena super interessante para conhecer mais sobre o balsâmico.

emilia-romagna-italia-balsamico

10- Da Emilia-Romagna você tem acesso fácil às duas costas italianas: a do Mar Adriático e a Costa do Mediterrâneo, cada uma com suas particularidades. Dá para ir de carro ou de trem.

emilia-romagna-italia

11- Os vinhos Lambrusco (tinto espumante) são dessa região. Eles são excelentes e baratos!

12- Na região de Modena, está Maranello, onde fica um museu impressionante da Ferrari. Imola também é por aqui. Para os fãs de fórmula 1 é um prato cheio!

13- O pequeno país de San Marino fica localizado também dentro da região da Emilia-Romagna. As paisagens são maravilhosas e você ainda ganha um carimbo novo no passaporte!

emilia-romagna-italia

14- Ferrara é uma graça. A cidade é histórica, charmosa e cheia de gente andando de bicicleta por todos os lados!

emilia-romagna-italia

15- As montanhas Apeninos cruzam a região e permitem que os turistas e locais façam diversos esportes como bicicleta, arborismo, escalada e muitos outros, em uma paisagem linda.

emilia-romagna-italia

E ai, convencidos? Eu amei essa viagem e recomendo muito. Aos poucos vou escrevendo mais posts com todos os detalhes de cada lugar que eu visitei! Espero que gostem e se animem a vir para cá!

*essa atividade foi uma cortesia do Blogville, projeto patrocinado pelo Turismo da Emilia-Romagna e seus parceiros.

15 motivos para visitar a região da Emilia-Romagna, na Italia

A Emilia-Romagna é uma ótima opção para quem gosta de cultura e gastronomia. São tantas razões para vir para cá que fica dificil listar só algumas!

Para quem está acompanhando a minha viagem pela Italia pelo instagram sabe que eu estou passando a semana na Emilia-Romagna, pelo programa Blog Ville. Para quem não acompanhou, dá uma olhadinha aqui nesse post que eu conto o que é!

Nessa semana incrível, onde eu aprendi sobre a gastronomia e cultura local, fui para lugares históricos, comi bastante e conheci muita gente interessante, eu consegui também formar uma opinião sobre essa região especial da Italia. Por isso, fiz uma lista com muitos motivos para convencer vocês a visitar a Emilia-Romagna. Se vocês estiverem planejando uma viagem para Italia, recomendo muito incluir alguns desses lugares no caminho! Em breve, vou fazer os posts no blog com mais detalhes de cada lugar que passei.

 15 motivos para visitar a Emilia-Romagna

1- O famoso queijo Parmigiano é original dessa região. A produção do original Parmigiano-Regiano é de Parma e Reggio Emilia. Visitamos a produção do queijo e, óbvio, comemos vários durante essa semana. Ele é realmente muito bom!

emilia-romagna-parmiggiano-reggiano

2- Os trens por aqui são muito baratos. Por menos de 10 euros você vai de um lugar para o outro e conhece toda a região: Bolonha, Modena, Parma, Ferrara, Rimini, Ravenna e muito mais! É também perto e fácil de ir para Milão, Firenze e o resto da Toscana

3- O famoso molho a bolonhesa é original daqui também. A cidade de Bolonha faz parte da Emilia-Romagna e é o ponto de referência para ir de um lugar ao outro. Em toda a área ao redor da cidade se come muita pasta com molho bolonhesa! Até fiz uma aula por aqui. Em breve conto mais detalhes sobre ela!

emilia-romagna-bolonhesa

4- Em Ravenna, tem alguns dos mosaicos mais antigos do mundo. Muito lindo!

emilia-romagna-mosaico

5- Tem muitos, mas muitos mesmo gelatos na cidade. Comi um por dia e achei um melhor que o outro. E aprendi que gelato não pode ser traduzido por sorvete, porque não é a mesma coisa! Logo mais vou escrever um post sobre as curiosidades gastronômicas que aprendi por aqui.

emilia-romagna-gelato-sorvete

6- A região da Emilia-Romagna é menos turística que os famosos lugares da Italia: Roma, Milão, Firenze, etc. Então não é tão lotado e é mais fácil de você conhecer a cultura local.

7- Eu amo piadina, um tipo de pão, parecido com o pão sírio, e que pode ser recheado de várias coisas como nutella, presunto de parma, tomate, queijo etc. E aqui, se come piadina todo dia, toda hora.

emilia-romagna=piadina

8- Foi por aqui também que o exército brasileiro participou da Segunda Guerra Mundial. Na região dos Montes Apeninos tem algumas cidades com muita história sobre a guerra e sobre a participação do Brasil. Para quem se interessa pelo assunto, vale a visita.

emilia-romagna-guerra

9- O balsâmico é produzido por aqui. Ele fica de 12 a 36 meses em repouso. Visitamos um lugar perto de Modena super interessante para conhecer mais sobre o balsâmico.

emilia-romagna-balsamico

10- Da Emilia-Romagna você tem acesso fácil às duas costas italianas: a do Mar Adriático e a Costa do Mediterrâneo, cada uma com suas particularidades. Dá para ir de carro ou de trem.

emilia-romagna-praia

11- Os vinhos Lambrusco (tinto espumante) são dessa região. Eles são excelentes e baratos!

12- Na região de Modena, está Maranello, onde fica um museu impressionante da Ferrari. Imola também é por aqui. Para os fãs de fórmula 1 é um prato cheio!

13- O pequenos país de San Marino, fica localizado também dentro da região da Emilia-Romagna. As paisagens são maravilhosas e você ainda ganha um carimbo novo no passaporte!

emilia-romagna-san-marino

14- Ferrara é uma graça. A cidade é histórica, charmosa, e cheia de gente andando de bicicleta por todos os lados!

emilia-romagna-ferrara

15- As montanhas Apeninos cruzam a região e permitem que os turistas e locais façam diversos esportes como bicicleta, arborismo, escalada e muitos outros, em uma paisagem linda.

emilia-romagna-bike

E ai, convencidos? Eu estou amando essa viagem e recomendo muito. Aos poucos vou escrevendo mais posts com todos os detalhes de cada lugar que eu visitei! Espero que gostem e se animem a vir para cá!

Fica a dica!

Gostou do post?

Acompanhe o Dica da Dri no facebook

Siga o Dica da Dri no twitter

Veja as fotos do Dica da Dri no instagram

 

Mais uma viagem a caminho: Emilia Romagna, Italia

Estou muito feliz em poder dividir com vocês que amanhã embarco para mais uma viagem incrível. Eu vou passar uma semana na Italia, na região da Emilia Romagna, visitando Bolonha, Modena, Ferrara, Rimini, San Marino, entre outras cidadezinhas por ali.

Mapa Emilia Romagna

Eu amo a Italia porque meus avós maternos são de lá e porque a cultura italiana é uma parte importante da minha identidade. Achei que conhecia bastante da Italia, pois já passei pelos principais lugares como Verona, Roma, Florença, Costa Amalfitana, Milão, Veneza e Sicilia. Por isso, achei que não voltaria tão cedo para lá, mas, não é que as oportunidades aparecem quando a gente menos imagina? Lá vou eu de novo, mas dessa vez, para uma parte que ainda não conheço: a Emilia Romagna!

A Emilia Romagna é uma região que fica entre Milão e Florença, e não é tão explorada pelos turistas. O pessoal de turismo de lá faz um evento anual (esse vai ser o terceiro ano), chamado #Blogville, para blogueiros do mundo inteiro que querem conhecer a área e contar o que viram por ali.

Mapa Emilia Romagna

Eles disponibilizam um apartamento com 3 quartos e ajudam a organizar todas as atividades para quem quer explorar a região e passar uma semana vivendo como local! O lema da viagem é “Experience the Italian Dolce Vita: eat, feel and live like a local in Italy”.

Logo depois que me inscrevi e fui aprovada para participar do Blogville, recebi um email perguntando o que eu mais gosto de fazer em viagens, para que eles pudessem planejar minhas atividades. Não preciso nem dizer que eu vou passar praticamente a semana inteira comendo, ne?! Me programei para fazer degustação de vinho, azeite e balsâmico e aula de culinária e de sorvete! Além da parte gastronômica, vou visitar alguns museus e fazer tour de bicicleta e atividades culturais também!

Na verdade, essa viagem começa na próxima segunda, dia 19 de maio. Eu embarco amanhã, e vou passar o final de semana em Londres, visitando uma amiga querida antes de ir para Italia. De lá sigo para o Blog Ville, o que vai ser uma semana intensa, mas divertida!

Quero convidar todos vocês a viajar comigo, acompanhando as fotos e relatos dessa viagem pelo instagram, facebook e próximos posts!

A presto!

Gostou do post?

Acompanhe o Dica da Dri no facebook

Siga o Dica da Dri no twitter

Veja as fotos do Dica da Dri no instagram